Como saber se fui vitima de fraude Digital? 5 dicas importantes

Vitima De Fraude Vazamentos Digitias
Fraudes,

Como saber se fui vitima de fraude Digital? 5 dicas importantes

Dicas valiosas para não ser uma vitima de fraude digital

Se você abre indiscriminadamente anexos que recebe por e-mail, sem verificar o sufixo do e-mail recebido, o teor da mensagem, se ela é ou não coerente e não promete nada fora da realidade, se é a primeira vez que você está recebendo correio eletrônico desse endereço, se não conhece a organização ou a pessoa física que enviou o e-mail, você provavelmente é vítima de fraude digital.

Tomando consciência de quando você é vítima de fraude digital

  1. As instituições financeiras como protocolo comum jamais vão solicitar informações como dados e informações, além de credenciais de acesso ou dados dos seus cartões de crédito. Se você alguma vez respondeu com as informações e dados sobre isso então a chance de você ter caído numa fraude digital é muito grande.
  2. Na maioria dos casos nenhuma instituição ou site vai requisitar que você faça login ou use suas credenciais de acesso através de um link por e-mail ou por mensagem de celular sms.
  3. Assim como confiar plenamente nas plataformas que você usa regularmente e que tem uma base de usuários massiva também pode fazer causar um descuido e assim você acabar sendo vítima de uma fraude digital.
  4. A maioria do que é visto em sites e redes sociais é legítimo, mas nem tudo pode ser de fato verdadeiro. Fraudadores o tempo todo criam contas, perfis e páginas falsas na expectativa de que alguém desavisado e principalmente desinformado caia em algum golpe e acabe sofrendo uma fraude digital.
  5. Quando você recebe uma ligação do seu banco e o funcionário pede informações e dados sensíveis, quando você recebe uma confirmação pelo celular em forma de sms para uma verificação em dois passos mesmo não tem logado com suas credenciais em lugar nenhum, quando recebe algum e-mail de confirmação mesmo sem estar tentando acessar nenhuma pagina, significa na grande maioria dos casos que você foi vítima de uma fraude digital.

É muito importante estar sempre o mais bem informado possível sobre as possibilidades de ataque e vetores de fraude digital no ambiente digital.

Outras dicas importantes!

A maioria dos usuários não estão completamente conscientes dos riscos envolvidos na exposição nas redes sociais, por exemplo. É imprescindível configurar de forma adequada as opções de privacidade de todas as plataformas digitais que se usa, além de usar filtros para quem ou o que pode acessar e ver suas informações e publicações. Desta forma um cibercrime tem mais trabalho para conseguir encontrar dados e informações sensíveis para cometer contra você uma fraude digital.

Quando você compartilhar, publicar ou postar informações ou dados sensíveis e até mesmo sigilosos como nome completo, sua idade, algum documento, ou até mesmo a data de nascimento, é possível sofrer sim fraude digital.

Também é muito importante verificar e conferir os links que recebe por e-mail, mensagem sms que chega pelo celular, para qual domínio você será redirecionado, pois muitos fraudadores ocultam as URLs  com e que parecem legítimas mas na verdade são falsas. Verificar se o site coincide com o link que foi enviado por exemplo é uma forma eficiente de saber se você foi vítima de uma fraude digital. Não saber exatamente a URL que está em busca também é perigoso. Normalmente é assim que a técnica de fraude digital phishing é aplicada. Caso você lembre de ter passado por isso você fatalmente foi vítima de uma fraude digital.

Normalmente somos levados pelo assunto instigante de um email desconhecido. Implicando no recebimento de prêmios e heranças. Se você clicou em algum link dessas, as chances de você ter sido vítima de fraude digital é altíssima.

Principalmente quando a mensagem solicita que você instale algum software no seu celular, tablet, computador ou servidor.

Se foi vitima de fraude digital se dirija a uma delegacia de crimes virtuais da sua região