Cielo inova mas não surpreende com Lio+

lio+
Notícias,

Cielo inova mas não surpreende com Lio+

Cielo “revoluciona” com Lio+, mas mercado reage mal; qual a explicação? 

SÃO PAULO – A Cielo apresentou na última terça-feira (18) uma maquininhadiferente, a LIO +.

Se trata de um smartphone que, quando acoplado a um acessório externo (parece uma capinha com uma calculadora “old school” grudada), se transforma em terminal de pagamento que aceita transações de débito e crédito e 60 bandeiras diferentes(Saiba mais sobre a Lio+ Aqui).

Lançou também o QR Code Pay, uma solução digital que permite aos consumidores pagar por compras em lojas físicas usando seu smartphone – a autenticação é feita com a câmera do celular, scaneando a imagem QR. Isso significa que o consumidor já pode deixar seu cartão de crédito em casa, mesmo que seu celular não tenha a tecnologia NFC.

Inovação fruto de varias parcerias, uma delas com a PicPay.

Oque acharam da Lio+?

Aparentemente o mercado não reagiu muito bem já que as ações da Cielo caíram (CIEL3 -3,25%).

A inovação pode até ter agradado mas não é a medida que vai mudar o rumo da Cielo.

QR code, NFC é tudo mais do mesmo, todas as maquininhas estão meio que acompanhando as tecnologias.

Uma capinha que acopla com um celular genérico* não é bem o que realmente ia “esquentar” o mercado.

Nós particularmente gostamos da maquininha e realmente acreditamos que vai dar certo mas entendemos o porque do mercado ficar cético.

Afinal lançar mais uma maquina com as mesmas tecnologias e ainda não tem nem 7% de cobertura NFC realmente joga uma balde de água fria em todo mundo.

Mas e você? O que achou do lançamento?

Mande sua opinião. 🙂

*O Lio+ foi desenvolvido e fabricado pela Quantum, a marca curitibana subsidiária da Positivo Informática

TAGS